Perguntas Frequentes

Como faço para participar de licitações?

- O cadastro de fornecedores para qualquer órgão do Governo do Estado é realizado por meio do site:  http://www.compras.es.gov.br. E para participar de licitações realizadas pela Setop, é preciso seguir todos os critérios contidos no edital de interesse. Todos os editais das licitações são publicados no Diário Oficial do Estado e podem ser acessados pelo site da Setop (www.setop.es.gov.br) ou solicitados à Comissão Permanente de Licitação (CPL). O contato com a CPL pode ser realizado via e-mail  luiz.bonfim@setop.es.gov.br ou pelo telefone (27) 3636-9616.

A Setop tem projetos para viabilizar o fluxo na terceira ponte, passando pela Praça do Cauê?

- A Setop tem estudos para melhorar o acesso, porém o projeto foi suspenso porque está associado às intervenções para ampliação da capacidade da Terceira Ponte. E essas intervenções para melhorar o tráfego no local dependem de decisão da Justiça, que está analisando o contrato de concessão da ponte. Mas assim que a situação ficar resolvida, a Secretaria Estadual dos Transportes e Obras Públicas vai voltar a conversar com a comunidade e viabilizar a execução do projeto.

Existem projetos para a volta do Aquaviário?

- O Aquaviário teve a licitação suspensa por recomendação do Tribunal de Contas no governo passado (2014) e cancelada no início de 2015, mas será retomado pela Setop por uma determinação do governador Paulo Hartung. Está prevista a realização de uma pesquisa de demanda e o projeto será reestruturado, de forma realista e auto-sustentável, visando à implantação do sistema.

Quais estudos a Setop faz a respeito de uma ciclovia na 3ª ponte?

- Não há estudos sobre a construção ciclovia na Terceira Ponte. De acordo com técnicos da Setop, a ponte tem uma rampa muito longa e inclinada, por isso uma ciclovia nela não seria viável. Além da questão apontada pelos técnicos, existe o perigo e o problema da falta de espaço. Seria necessário ampliar a Terceira Ponte para a construção da ciclovia, uma obra de custo altíssimo e inviável no momento. Mas para atender aos ciclistas, a Ceturb implantou o ônibus Bike GV, um serviço de travessia de bicicletas e ciclistas pela Terceira Ponte.

Qual previsão do BRT?

- O projeto do BRT foi concluído e está sendo entregue pela empresa contratada aos técnicos da Setop. Em função da crise econômica e da falta de recursos, o BRT não será implantado nesta gestão. As obras estão estimadas em R$ 1,8 bilhão, e o Governo do Estado tem assegurados apenas R$ 530 milhões junto ao BNDES. 

Quais obras estão sendo priorizadas?

- Ampliação da BR 101, entre o viaduto da Vale e a descida do Aeroporto de Vitória, onde será implantada uma passagem subterrânea de veículos para acesso à Avenida João Palácio, eliminando o cruzamento com semáforo. 

- Intervenções viárias no Portal do Príncipe para eliminar a retenção de tráfego na região da Ilha do Príncipe/Vila Rubim, com o objetivo de solucionar um dos maiores gargalos do trânsito da Região Metropolitana.

- Também está prevista a construção de um túnel sob o morro de Monte Belo, para que a Avenida César Hilal tenha continuidade até alcançar a Avenida Vitória, logo após a Fábrica de Ideias, criando corredores alternativos para distribuição de fluxos. 

A Quarta Ponte, será construída?

- O projeto da Quarta Ponte ainda não está concluído e os editais para a construção e gerenciamento da obra foram suspensos por recomendação do Tribunal de Contas. A obra, orçada em R$ 1,2 bilhão está descartada, no momento, em função das dificuldades financeiras do Estado.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard